Qual é a relação entre cultura organizacional e motivação dos funcionários?

Você já parou para pensar sobre como a cultura organizacional é importante para sua empresa? Ela é o sistema de valores, crenças e comportamentos na qual todos os colaboradores estão submetidos. Isso significa que tudo o que acontece na organização passa pelo “crivo moral” da cultura.

Da mesma forma, questões positivas e negativas também andam por esse mesmo caminho. A motivação dos colaboradores, por exemplo, pode ser amplamente afetada, impulsionando ou reduzindo sua produtividade, a depender de como a cultura organizacional a influencia.

Para que você possa entender ainda mais profundamente como isso funciona, separamos alguns pontos de relação entre motivação e cultura organizacional. Confira!

Percepção dos comportamentos hierárquicos

Os valores e comportamentos típicos de uma empresa fazem com que barreiras imaginárias surjam. No campo da hierarquia, por exemplo, a cultura organizacional pode dar a entender que um funcionário não pode, por exemplo, conversar diretamente com seu gestor.

Caso essa relação seja confirmada pelo comportamento dos demais colaboradores, cria-se uma regra que não é benéfica para a empresa. Por outro lado, ao inserir uma pessoa em um ambiente onde a situação contrária aconteça, sua empresa estimula a livre comunicação e incentiva os colaboradores a atuarem ativamente.

Relação da cultura organizacional com as metas

Como as crenças também fazem parte de uma cultura organizacional bem fomentada, é fácil supor que elas interferem nas entregas dos funcionários. Ambientes que são mais competitivos, por exemplo, levam a metas mais agressivas e disputas mais acirradas entre os colaboradores.

Por outro lado, se a crença de trabalho em equipe for mais difundida, a ideia é que as metas fiquem em segundo plano, e que o que ganha destaque é a relação interpessoal. Vale dizer, entretanto, que ambas as situações são vantajosas, mas que cada uma motiva um certo tipo de pessoa.

Posição dos incentivos e cuidados básicos

Além das questões diretamente ligadas ao trabalho, o clima organizacional também tem a ver com a relação entre os trabalhadores e a empresa. É preciso mostrar, de forma concisa, que o ambiente é seguro, recompensador e propício para a execução de trabalhos.

Os colaboradores devem perceber (por meio das ações de incentivo, do plano de saúde e dos demais benefícios) que a companhia cuida deles. Essa sensação de estabilidade é fundamental para que sua equipe trabalhe com a mente tranquila e não fique receosa sobre o futuro.

Impacto do clima organizacional

Por fim, e certamente um dos fatores mais importantes na relação entre cultura organizacional e motivação, temos o clima organizacional. Ele é formado diariamente e é o resultado da satisfação dos funcionários e da relação interpessoal constante que acontece dentro da empresa.

Um clima organizacional ideal é aquele em que as pessoas são recompensadas, têm espaço para crescer e podem usufruir de tudo que a companhia oferece. Quanto mais adequados forem os valores da empresa para sua proposta de trabalho, melhores serão os resultados.

Dessa forma, podemos dizer que a cultura organizacional é o pilar de qualquer companhia. Quando ela é bem construída e a seleção de colaboradores a leva em consideração, a companhia se torna mais coesa e, consequentemente, favorece a produtividade de seu pessoal.

Como falamos neste texto, o incentivo é uma parte fundamental na relação entre empresa e funcionários. Para ajudar você a implementar essa lógica, temos um conteúdo com 5 dicas para fazer uma boa campanha de incentivo. Vale a pena dar uma conferida!

Banner Go TogetherPowered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This